Bolsa Mumbuca: cadastramento de famílias de baixa renda começa na segunda (9)

Cinco mil famílias receberão auxílio mensal equivalente a R$ 70

Miguel Moraes em audiência pública para debater implantação do Programa Social Bolsa Mumbuca.

Miguel Moraes em audiência pública para debater implantação do Programa Social Bolsa Mumbuca.

A secretaria municipal de Direitos Humanos inicia na próxima segunda-feira, dia 09/12, o cadastramento das famílias de baixa renda que serão beneficiadas pela Bolsa Mumbuca, instrumento de transferência de renda que faz parte do Programa Social Bolsa Mumbuca e que tem como objetivo o combate à pobreza extrema no município e o estímulo ao comércio local. As inscrições poderão ser feitas em 19 escolas municipais (conforme lista abaixo), além de postos volantes na Rodoviária do Povo de Maricá, no Centro, no Terminal Rodoviário de Itaipuaçu e na sede da Prefeitura de Maricá.

O cadastramento é fruto da implantação da Moeda Social Mumbuca, que institui em todo o município a adoção de uma moeda local como opção ao Real e que poderá ser usada em estabelecimentos comerciais cadastrados no projeto. Segundo o secretário municipal de Direitos Humanos, Miguel Moraes, que coordena a realização do programa na cidade, o grande diferencial entre a Mumbuca e outras moedas sociais que existem no país é que a de Maricá prevê complementação de renda para as famílias de baixa-renda. “Essa etapa é praticamente o último passo antes do lançamento da moeda. Iremos cadastrar as famílias que irão receber um benefício mensal de 70 mumbucas (o que equivalente a R$ 70), com previsão de chegar a 300 Mumbucas por família até 2016”, antecipou o secretário. A Mumbuca terá recursos mensais da ordem de R$ 1 milhão para a complementação de renda para as famílias pobres. Ainda de acordo com o secretário, a meta é cadastrar cinco mil famílias até o dia 16/12.

Paralelo a esse serviço, a secretaria também fará o cadastramento dos estabelecimentos comerciais que irão aceitar a moeda solidária. Agentes de participação popular irão pessoalmente aos estabelecimentos formalizar a adesão ao programa, que garantirá um incremento nas vendas no comércio local. Para o secretário, a participação dos comerciantes é fundamental, já que a moeda social Mumbuca será viabilizada por meio de cartões de débito ou crédito para uso exclusivo nos locais cadastrados.

Para se inscrever no programa, as famílias têm que atender a alguns critérios: ter renda familiar de até um salário mínimo e residir no município de Maricá há mais de seis meses. Desde que respeitado os critérios sócios econômicos, o programa também atende às famílias que tiverem idosos acima de 70 anos, filhos portadores de deficiência, pessoas com doenças crônicas, devidamente comprovadas por laudo médico e famílias com filhos menores fora da idade escolar; gestante que comprove assistência médica de pré-natal e famílias cadastradas ou não no Programa Federal Bolsa Família.

Os interessados devem apresentar alguns documentos do representante familiar como cópia da identidade autenticada; cópia do CPF; cópia do título de eleitor; cópia do PIS ou PASEP; comprovante de residência; cópia do comprovante de endereço; carteira funcional; cartão do INSS (auxílio doença ou aposentado). Também é necessária a apresentação do comprovante de vacinação dos dependentes de zero a seis anos; matrícula escolar de seus dependentes nas redes estadual ou municipal de ensino no município de Maricá, com a devida comprovação de permanência na escola; o boletim escolar das crianças matriculadas na rede pública (Estadual e Municipal) e declaração de rendimento escolar de quatro em quatro meses.

Lista das escolas onde se cadastrar 1) CEIM Prof. José Carlos de A. e Silva - Rua Tocantins Quadra 31 Lote 01 - Inoã 2) CEIM Marilza da Conceição R. Medina Rua 10 s/nº - Cordeirinho 3) CEM Joana Benedicta Rangel - Avenida Nossa Senhora do Amparo nº 57 - Centro 4) E.M. Antônio Rufino de S. Filho - Estrada da Gamboa s/nº - Caju  5) E.M. Barra de Zacarias - Rua dos Pescadores – Zacarias 6) E.M. Benvindo Taques Horta - Rua José Fortes da Silva s/nº - Ubatiba  7) E. M. CAIC Elomir Silva - Avenida Guarujá s/nº km 22 - Marine  8) E.M. Casa da Criança de Itaipuaçu - Rua Caio Francisco Figueiredo s/nº - Itaipuaçu 9) E.M. Guaratiba - Rua 4, Lote 13, Quadra E - Guaratiba  10) E.M. João Eugênio dos Santos - Rua Ledo Barroso Bittencourt s/nº 11) E. M. João Monteiro Rua 7 s/nº -  Recanto de Itaipuaçu 12) E. M. Marcus Vinícius C. Santana - Rua 56 Lote 18 Quadra 90 - Bairro da Amizade  13) E.M. Marques de Maricá - Rua 83 Esquina 36 - Ponta do Francês  14) E.M. Maurício Antunes de Carvalho - Rua 73 Lote 1 - Saco das Flores  15) E.M. Professora Alcione S. R. da Silva - Estrada de Bambuí - Bambuí 16) E.M. Reginaldo D. dos Santos - Rua São Pedro Apostolo s/nº - Ponta Negra  17) E.M. Retiro - Estrada Retiro s/nº - Retiro 18) E.M. Rita Sampaio Cartaxo - Rua Guarani s/nº - Itaocaia Valley - Itaipuaçu  19) E.M. Vereador Osdevaldo M. da Matta - Estrada de Cassorotiba s/nº - Santa Paula

Posts Relacionados

Editoriais: